Sabrina Santos Silva de Almeida

Mãe do Benício

Me chamo Sabrina S. S. de Almeida, tenho 28 anos, casada com Fabrício S. de Almeida, mãe da Dhara S. A. de 10 anos e agora do Benício S. A. com 2 dias. Ambos os partos foram normais, mas com experiências distintas, sendo a principal delas o fato de poder vivenciar, mais uma vez, dessa experiência, que é sempre única e especial no Hospital Unimed Sul Capixaba. O qual me proporcionou um ambiente “maravilhoso”, onde pude utilizar de equipamentos, como a banheira, que auxiliaram o trabalho de parto, de maneira a auxiliar e tranquilizar as contrações, com profissionais supercapacitados e atenciosos para esse momento.

Porém, o que dizer de “vivenciar o parto normal?”, “como falar de um segundo parto normal?”, Por que passar mais uma vez por, segundo as pessoas, todo o sofrimento?” que são as temíveis contrações e ouvindo de alguns… “Você é mesmo muito corajosa!”

Para mim… São perguntas de fáceis e com poucas respostas, sendo que a pergunta na verdade é apenas “porquê?”. Então digo que, porque não pensei nas “temíveis contrações” e sim no fato de participar, sentir, literalmente na pele, o prazer, a sensação a dádiva de poder trazer ao mundo mais uma vida. Levando em conta, é claro, a rápida recuperação no pós-parto.

No entanto, o fato de ser um processo “muito” doloroso para nós mulheres e sofrido, é algo único, momentâneo e sobrenatural.

Enfim, deixo dito que as dores teremos, mas que o prazer e a emoção… São únicos no parto normal.