Quézia Machado Vailant

A expectativa de ter um filho é muito grande.

Mas para nós, mulheres, a hora do parto é muito maior. Desde quando descobrimos a gravidez já começam as dúvidas e perguntas: cesárea ou normal?

Para mim sempre foi o parto normal a melhor das opções. Fui mãe aos 18 e optei pelo normal induzido. Na segunda gestação tambem optei pelo normal e agora, na terceira, ao optar pelo normal, me surpreendi aqui no Hospital Unimed.

Cada funcionário que me atendeu, foi de um carinho e um amor muito grande para comigo. Em todos as momentos, a equipe que estava de plantão, me tranquilizaram, ajudaram e foram prestativos, amorosos, atenciosos… Muito obrigada!

Obrigada Dr Jayme, super amoroso comigo, Dra Fabiana Garcia, um amor de pessoa com minha bebê, enfermeira Juliana, que me recebeu e depois passou para a enfermeira Fernanda (dois amores de pessoas). Aquela sala de parto deveria existir em todos os hospitais, humanidade maior não recebi. Ali fui acompanhada pela fisioterapeuta, o anestesista, as “meninas” do berçário (que amor!), as enfermeiras… Não me senti sozinha em nenhum momento.

Meu marido e eu estamos encantados pelo serviço prestado por cada profissional que cuidou a todo momento de nós 3. Eu não vou dizer que tive sorte com a equipe, mas sim que fui abençoada por Deus com cada um dos funcionários que me atenderam.

Com certeza eu indico o parto normal para as mamães que estão na dúvida, a recuperação é instantânea! É claro que a dor é inevitável, mas com essas condições que encontrei no Hospital Unimed, com os profissionais que me acompanharam e auxiliaram, com meu marido o tempo todo ao meu lado e com minha filha hoje em meus braços, escolha melhor não poderia existir!

Muito obrigada!