Giani Paganotti

Mãe do Daniel

“Parto normal geralmente assusta as mulheres, isso porque sempre tem alguém para contar histórias trágicas de parto, além de discursos que não encorajam nem um pouco as mulheres a parir de forma natural. E foi em meio a tantas conversas do tipo “nossa, corajosa!”, “parto normal?! Você tá maluca, né?!” Que tive minha primeira filha de parto normal, porém em centro cirúrgico.

Engravidei novamente e como já tinha em mente de como era o parto normal, quis novamente viver essa linda experiência e graças a Deus os atendimentos de pré natal indicavam que não havia nenhum empecilho para parto normal.

Dessa forma, após uma consulta de rotina no consultório, fui encaminhada ao Hospital Unimed onde fui atendida pelo plantonista obstetra que me encaminhou para a sala de parto. Aí veio o espanto, sensação de que não estava mais em um hospital. O ambiente tão acolhedor e uma equipe de enfermagem que transmitia tanta alegria que realmente fez a diferença para que o parto fluísse de maneira tão linda.

Passei a noite toda ao lado do meu esposo, vivendo cada contração e pela manhã Daniel nasceu, com 40 semanas e 5 dias.

Agradeço a Deus primeiramente, por me confiar novamente essa linda missão de ser mãe e a toda a equipe do Hospital Unimed e todo o serviço de parto normal com o excelente atendimento humanização de toda a equipe.”